Carboxterapia

Ei meninas, tudo bem?



Quem consegui estágio numa clínica de estética???
Embora esteja trabalhando feito uma louca, eu estou amando. Ainda tem outra vantagem... eu posso fazer os procedimentos vouficargostosaprasférias e vou falar deles pra vocês.

Hoje vou falar sobre a carboxterapia. Ela consiste em aplicar gás carbônico (CO2) nos tecidos com pressão e quantidade controladas. A aplicação é feita com o auxilio de agulha pequena e fina (subcutânea parecida com a de insulina) 





O gás carbônico é normalmente encontrado em no nosso organismo. Em situações de repouso nosso corpo produz cerca de 200 ml/min. do mesmo, aumentando em até 10 vezes frente a esforços físicos intensos. A ação farmacológica do CO2 sobre o tecido está muito bem estudada. Promovendo a vasodilatação local, com consequente aumento do fluxo vascular e da pressão parcial de oxigênio (pO2), há redução da afinidade da hemoglobina pelo oxigênio, resultando em maior quantidade deste disponível para o tecido, melhorando a micro-circulação, a oxigenação dos tecidos (potencialização do efeito Bohr), ajudando a dissolver os nódulos de celulite e aumentar a liberação de gordura. Um tecido mais oxigenado queima mais gordura, cicatriza melhor, produz mais colágeno.  Há também uma forma secundária do CO2 promover resultados: a distensão da pele pelo gás, o que leva a maior retração do tecido distendido e melhora a flacidez.

Eu faço para gordura localizada e olheiras, mas o procedimento também pode ser feito para estrias, celulite, flacidez e calvície.





 No tratamento facial por carboxiterapia se vê a pele melhorar em vários aspectos como diminuição das linhas de expressão, redução da flacidez, aumenta o visco, melhora a textura da pele, clareia manchas e olheiras.

Os resultados começam a aparecer por volta da quinta sessão, mas é indicado fazer no mínimo 10 sessões. Elas podem ser realizadas de 1 a 3 vezes por semana dependendo a área (gordura localizada, flacidez e estrias 3 vezes. Estrias, facial e capilar apenas uma vez.).

O procedimento é um pouco doloroso, mas nada  insurpotavel. Podem ser utilizados anestésicos de uso tópico e analgésicos (30 minutos antes do procedimento).

Parece até meio utópico um procedimento ajudar em tanta coisa, mas é real e está ao alcance. Porém, ele apresenta algumas contraindicações, que são:

* insuficiência renal, hepática, pulmonar ou cardíaca graves.
* hipertensão arterial grave
* pacientes que sofreram trombose 
* gestantes  
* anêmicos
* locais que apresentam algum tipo de infecção ou inflamação.


Fora isso a carboxiterapia está liberada. Eu estou adorando o resultado.

Lembrem-se que estética funciona, mas não faz milagres. Todos os procedimentos deves ser aliados a uma alimentação equilibrada e pratica de atividades físicas, que melhoram o corpo o deixando mais bonito e saudável. 
E você, já fez carboxiterapia ou algum outro procedimento estético parecido??? Conte pra nós como foi o resultado?
Tem alguma dúvida??? Deixe-a aqui.

Sua participação é muito importante e enriquece o blog.

Beijos
 


 



3 comentários:

  1. Hummmm... Interessante esta técnica.

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila,
    Já ouvi falar muito desse procedimento, e ele parece dar ótimos resultados, mas confesso que por ser dolorido eu tenho medo...rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Lindo seu blog, adorei o post, se puder visitar meu blog eu ficaria muito feliz *-*

    http://fashionmodelteen.blogspot.com/

    ResponderExcluir